Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos (PNEDH) – Sociedade Civil

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos…, posted with vodpod

Curso Cidadania e Direito à Educação é premiado no 2° Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos

Em sua segunda edição realizada em 2010, o bienal Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos premia iniciativas – públicas e privadas – que contribuem para o desenvolvimento – por meio de práticas educacionais – de uma cultura de direitos no país, a partir da mudança de mentalidades e de práticas individuais e coletivas.

A Ação Educativa foi premiada com o 2° lugar na categoria “A Sociedade na Educação em Direitos Humanos”, com a experiência do “Curso Cidadania e Direito à Educação”, que teve como objetivo difundir a noção de que educação é um direito; formar defensores populares do direito à educação de qualidade e potencializar a capacidade de atuação de todos – participantes e organizadores – nesta luta.

Em agosto, à conclusão do Curso, 40 dos 70 participantes foram convidados a formar uma rede que se articula via internet e promove reuniões presenciais periódicas com o objetivo de dar continuidade à formação iniciada e se integrarem às ações de defesa jurídica do direito à educação promovidas pelo Programa Ação na Justiça.

Segundo Salomão Ximenes, coordenador do Programa e responsável pela iniciativa, “a premiação é um reconhecimento do trabalho de educação jurídica popular para a defesa do direito à educação e dos demais direitos humanos que vimos realizando na Ação Educativa ao longo dos anos. A grande necessidade de se difundir experiências como a do Curso, aliada às possibilidades abertas pelas novas tecnologias, são fatores que nos animam a continuar aperfeiçoando nosso trabalho, para que atinjamos um público cada vez maior de educadores e militantes populares”.

O prêmio foi recebido pelas mãos da socióloga Margarida Genevois, de 87 anos, militante dos Direitos Humanos desde a resistência à ditadura militar. Atualmente, ela é integrante do Comitê Nacional de Educação em Direitos Humanos.

Premiados

Secretarias de educação, escolas, instituições de ensino superior e organizações sociais de todo o país, representantes das quatro categorias em que o prêmio estava organizado, enviaram seus projetos e somaram 228 trabalhos inscritos.

Foram premiados a Secretaria Municipal de Educação de Embu das Artes, na categoria “As Secretarias de Educação na Construção da Educação em Direitos Humanos”; a Escola de Educação Básica da Fundação Bradesco, na categoria “A Educação em Direitos Humanos na Escola Privada”; a Universidade do Estado do Pará, na categoria “A Formação, a Pesquisa e a Extensão Universitária em Educação em Direitos Humanos”; e o Centro de Apoio aos Direitos Humanos “Valdício Barbosa dos Santos”, na categoria “A Sociedade na Educação em Direitos Humanos”. O “Projeto Inclusive”, de Porto Alegre, recebeu a Menção Honrosa.

A cerimônia deste ano aconteceu em Brasília, no Salão Azul do Hotel Nacional, e contou com a presença do ministro Paulo Vannuchi, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), além de diversas representações de organizações que desenvolvem projetos educacionais para a difusão dos Direitos Humanos no Brasil.

O prêmio é realizado pela Organização dos Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura, em parceria com a Fundação SM, o Ministério da Educação e a Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República. Foi criado em 2008, em comemoração aos 60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Saiba mais sobre o Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos na página da iniciativa: http://www.educacaoemdireitoshumanos.org.br

2 respostas para Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos (PNEDH) – Sociedade Civil

  1. epiciclo disse:

    Que bacana!Merecido!

  2. A difusão de educação para direitos humanos é sem duvida um macro de suma importância no páis de todos. A educação jurídica popular para a defesa do direito à educação e dos demais direitos humanos que vimos realizando na Ação Educativa ao longo dos anos. Onde a organização civil, o Ministério da Educação, defensoria, e ministério publico e a Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República. Foi criado em 2008, em comemoração aos 60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos.
    A documentário que conta história marcada pela escola de Educação Básica de fundação de categoria A . Educação em Direitos Humanos na Escola Privada, Universidade do Estado do Pará, na categoria Formação, pesquisa e Extensão Universitária Educacional em Direitos Humanos em nome da democracia trazendo maior número de elementos possível com finalidade “única”, fazer democracia.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: